"Carregando..."



O termo rotatividade ou turnover caracteriza a frequência pelo qual os colaboradores entram ou saem de uma organização. O turnover pode ser definido como voluntário quando é escolha do funcionário em pedir desligamento ou involuntário quando a iniciativa parte da empresa em demitir o colaborador.  De forma geral, também é um indicador para compreender a motivação destas decisões.

No entanto, a rotatividade traz custos altos para a organização. E para que se pense em soluções é necessário que a empresa possa identificar os principais motivos pelos os quais a alta rotatividade tem aumentado. Assim, existem alguns fatores que são mais comuns dentro das empresas. Entre eles estão:

·         Dinamismo no mercado de trabalho: o dinamismo ocorre quando há muitas vagas no mercado, possibilitando que os profissionais comecem a optar por oportunidades melhores.

·         Clima organizacional: é um indicador de satisfação dos colaboradores e está diretamente relacionado à produtividade. Ambientes desagradáveis que não promovem estratégias de benefícios ao colaborador tendem a resultar em rotatividade.

·         Salários e benefícios: a retenção de funcionários não se dá somente no salário e benefícios, mas é um forte indicador de saídas quando está abaixo da média. 

·         Recrutamento e Seleção: quando o processo não é realizado da forma correta e por profissionais aptos, podem gerar em contratações que não se encaixem no perfil e na proposta da empresa.

·         Retrabalho: ele acontece quando não há um planejamento adequado dos processos ou há uma falta de comunicação na equipe. Este processo exige uma correção em atividades já finalizadas, demandando muito tempo do funcionário e potencializando uma desmotivação por parte do mesmo.

Desta forma, para que se mantenham bons funcionários na equipe é importante que líderes e o RH possam pensar em soluções para o turnover. O primeiro passo é mapear os principais motivos da saída de cada funcionário. Utilizar a entrevista de desligamento pode ser um ótimo recurso para que se compreenda as motivações que intensificam a problemática.  Outra forma para diminuir a rotatividade é executando uma consultoria em Psicologia Organizacional. Ela visa compreender a situação da empresa, realizando um diagnóstico das necessidades internas gerando em mais resultados desejáveis, melhorias no ambiente de trabalho e metas alcançadas.

Por fim, e não menos importante, é necessário desenvolver um ambiente de bem-estar. Proporcionando aos funcionários plano de carreira, desenvolvimento profissional e benefícios. A motivação do colaborador e o seu empenho nas atividades realizadas fazem toda a diferença para o crescimento da empresa em termos financeiros e para atrair bons talentos que contribuam a equipe.